terça-feira, 15 de maio de 2012

como eliminar algas

as algas são plantas aquáticas que se multiplicam mais rapidamente no
verão contendo clorofila as algas utilizam o processo da fotossíntese
para crescer ou seja absorvem dióxido de carbono e libertam oxigênio



lado bom

elas estão entre as queridinhas do mundo dos cosméticos e não é à toa desde a antiguidade o ser humano explora as propriedades das algas como fonte de beleza e saúde tradição que se mantém até hoje além de serem riquíssimas em vitaminas proteínas e sais minerais as algas possuem grande concentração de aminoácidos que são fatores naturais na hidratação da pele assim a aplicação das algas na estética produz efeitos quase imediatos nas condições de pele mais visíveis como manchas e rugas mas seus benefícios não param por aí as algas são muito usadas na alimentação e não contêm gorduras ou calorias A longo prazo são aliadas do emagrecimento e da saúde garantindo uma melhor qualidade de vida as algas também são eficazes para otimizar o metabolismo celular que permite o crescimento e a reprodução das células e aumentar as defesas do corpo


lado ruim
todos os proprietários de piscinas num determinado momento têm de levar a cabo uma batalha contra a proliferação de algas ocasionais entram constantemente nas piscinas esporos de algas trazidas pelo ar vento ou chuva uma rápida proliferação de algas pode ocorrer apenas numa noite essas condições incluem o equilíbrio químico da água a temperatura luz solar evidentemente a falta de uma boa filtragem
e saneamento pode ser a causa primária das algas


o primeiro problema evidente é que ninguém tem vontade de nadar
numa piscinas com algas o segundo problema é que exige trabalho esforço e dinheiro para livrar a piscina completamente de algas
por isso é melhor usar produtos químicos de prevenção e algumas técnicas que serão descritas posteriormente as algas podem turvar a colorir a água tornando difíceis as tentativas de tratamento
as algas em si não são prejudiciais aos nadadores mas quem 
tem vontade de nadar numa piscina feia




as algas também entopem os poros dos filtros diminuindo a sua eficácia o que irá exigir lavagens mais frequentes a médio prazo As algas consomem o cloro que deveria estar a desinfetar a aguá devemos encarar as algas da piscina como as ervas daninhas de um jardim



existem mais de 21.000 variedades conhecidas de algas podemos evitar todas as complicações identificando as algas da piscina pela cor que apresentam


as algas verdes sendo a mais comum normalmente irão surgir logo após uma falta de filtragem adequada são encontradas a flutuar e também se agarrem às paredes da piscina dará um coloração verde-claro à piscina algumas variedades aparecem como pontos em superfícies em áreas particularmente ásperas ou em locais onde a circulação é reduzida Também podem aparecer como folhas em grandes áreas de paredes ou mesmo em toda a piscina revestindo-a de um desagradável lodo verde


as algas amarelas são uma variedade que se pegam às paredes da piscina também chamadas algas-mostarda normalmente encontradas no lado mais escuro da piscina pode ser muito difícil erradicá-las completamente uma vez iniciada a proliferação o dono de uma piscina pode passar todo o verão a lutar contra algas amarelas a reincidência é comum esta variedade é resistente a sua erradicação deve ser tratada com firmeza


algas pretas talvez a mais preocupante de todas algas que tem até sido
comparado ao herpes uma vez se as tiver estará lá para toda a vida esta afirmação não é totalmente exata mas a dificuldade na erradicação deve-se às fortes raízes das algas pretas as algas negras aparecem como manchas escuras a preto ou azul/verde geralmente com o tamanho de uma ponta de borracha de lápis as raízes estendem-se até o reboco do azulejo e a menos que as raízes sejam destruídas completamente irão voltar no mesmo lugar as comunidades de algas pretas também contêm camadas protetoras para impedir os químicos destruidores de penetrarem no organismo Como as algas amarelas a variedade de algas pretas podem florescer mesmo na presença de níveis normais de desinfecção e com um sistema de filtragem adequado é provável que estas algas entram nas piscinas dentro de roupas de banho de alguém que nadou recentemente no oceano


prevenção um equilíbrio químico apropriado e desinfectantes impedem muitas oportunidades para o florescimento das algas um pH elevado e níveis baixos de cloro pode dar às algas um importante empurrão para a infestação a limpeza geral é importante algum material orgânico e bactérias podem contribuir para o crescimento das algas a lavagem regular das piscinas mesmo se aparentemente limpas é não só um exercício saudável mas que também evita o lixo se aglomere nos poros do rejunte um excelente começo para uma colonia de algas


como posso matar as algas antes de mais faça o equilíbrio da sua água com especial atenção ao pH em segundo lugar ajuste as válvulas para uma filtragem ideal que permita que funcione 12 horas por dia ou até a piscina estar totalmente limpa


para algas verdes em suspensão na piscina faça um tratamento de choque com cloro adicional se for necessário deixando a válvula no sentido recircular adicionar sulfato de alumínio para decantar escove as paredes e o piso espere 24 horas aspire drenando
para que as algas não se encontram em suspensão mas que se agarram às paredes siga o mesmo conselho acima


para algas amarelas e pretas a parte de escovar é muito importante para tirar as camadas de proteção para os produtos químicos poderem destruir a planta de dentro para fora A escova de aço é eficaz para destruir a parte esterna das algas também eficaz em nódulos de algas é fazer uma aspersão de cloro granular sobre os pontos mas se estiverem na parede é quase impossível segue-se uma dose de sulfato de cobre ou de polímeros de alta resistência espere 24 horas fundamental aspirar drenando


se as algas têm sido um problema permanente na sua piscina durante vários anos talvez seja uma boa ideia esvaziar a piscina muitos anos com este problema e pouca manutenção acumula células mortas de algas e uma grande quantidade de outros sólidos na água que contribuem para o rejuvenescimento das algas Faça uma lavagem ácida mas apenas depois de esvaziar para matar as raízes das algas embutidas no rejunte depois deve trocar a areia se tiver um filtro de areia ou trocar o cartucho se for deste tipo a areia deverá ser alterado a cada 5-7 anos e os filtros de cartucho devem ter elementos novos a cada 1-2 anos Um filtro em bom funcionamento irá evitar acumulação de algas na sua piscina.

Nenhum comentário:

Postar um comentário